ESPAÇO DE DEVOCIONAL

Seja bem vindo!
Miss.Cacilda Barbosa Santiago

quinta-feira, 31 de março de 2011

POR QUE DEVEMOS SER SAL E NÃO AÇUCAR?!

“Vós sois o sal da terra. Mas se o sal se tornar insípido, com que sehá de salgar? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e pisado pelos homens.” (Mt 5.13)


Em nossa cultura social, é comum e até amável utilizarmos com relação a pessoas meigas e mansas o termo “doce”, docinho etc., são pessoas que nos fazem sentir bem, nos acalmam, são dóceis! Enfim, na vida Tudo o que é doce aparentemente é bom e atrativo, e ficamos pensando porque será que  Jesus utilizou exatamente o sal para ser a figura de linguagem que representa o papel do crente nesta terra e não o açucar?!Ouvi este questionamento por um Mestre da Palavra Pr. Valério Oliveira em uma de suas abençoadas saudações, e fiquei a refletir levando-me a uma pesquisa mais apurada desta diferença.
Jesus afirma, que SOMOS O SAL, Ele não pergunta se queremos ser o sal, ou que devemos buscar ser, sua afirmativa é contundente: VOCÊ É O SAL!

O  Cloreto de sódio, popularmente conhecido como sal, é uma  substância  formada por um átomo de Cloro e um átomo de Sódio, e sua fórmula química é NaCl. A formação  do sal é resultado da evaporação da água do mar, é formado na salina (rocha sedimentar quimica que tem origem na precipitadação da água do mar quando esta sofre evaporação, ou seja, as moléculas ou átomos no estado líquido ganham energia suficiente.  Um sal é um composto formado por cátions e ânions,componentes fundamentais para a sobrevivencia dos seres vivos. O sal também está envolvido na regulação da quantidade de água no organismo.
 Por outro lado os Açúcares são carboidratos, uma classe de compostos produzidos por plantas. Existem vários açúcares e podemos destacar a glicose. O açúcar de mesa é chamado de sacarose. Polissacarídeosincluem celulose encontrado em todas as plantas.
O SAL possui basicamente tres finalidades principais:
1-       PROPORCIONAR SABOR – O SAL  proporciona o sabor do alimento, é um tempero  fundamental para o apetite e interesse pelo alimento, ou seja, através de nossas ações, nosso testemunho a Palavra de Deus será ainda mais atraente, outro detalhe é que nossas ações proporcionam na vida das pessoas um sentido pela vida, um sabor pela sua existencia humana através da busca pelos valores eternos.
Um detalhe importante no tempero, é que deve ser na dose certa para não ficar ruim, apenas um pouco, nas receitas observamos sempre uma pitada de sal, uma colher pequena, sempre doses equilibradas!O crente precisa ser dosado, a temperança, a sobriedade em tudo faz com que o tempero seja equilibrado para um saber agradável.
O tempero do SAL tem haver com a HUMILDADE, o tempero deve ser pouco para ser melhor. O açucar, se for pouco não terá muito efeito no sabor.
2 - PROPORCIONAR SAÚDE E BELEZA - O SAL, devido seus componentes quimicos sempre foi usado para curar feridas pois possuem um componente cicatrizante. Além disso o sal pode proporcionar relaxamento e esfoliação da pele proporcionando a restauração celular. Enfim o sal tem a capacidade, na dosagem e utilização adequada, de porporcionar o bom funcionamento do organismo e consequentemente a saúde.A sua pureza e eficiencia nos componentes desenvolver a regulamentação do metabolismo e consequentemente a saúde. Isto é, SANTIFICAÇÃO, nossa diferença no mundo deve mudar para melhor, deve promover restauração e cura.
O açucar por outro lado, apesar do seu sabor e beleza nas maravilhosas guloseimas, pode desencadear uma desestruturação organica, além de ser o inimigo número 1 no funcionamento do intestino, pode causar aumento de glicose, a diabetes, a obesidade, alterações no metabolismo e desequiblibrio imunológico por conta da eliminação do cálcio que por sua vez compromete no fortalecimento dos ossos.  
3. PROPORCIONAR A CONSERVAÇÃO – O sal tem a capacidade de  manter o equilíbrio organico através do seu contato, proporcionando a preservação de diversos tipos organicos, como carne, peixe e diversos alimentos. Assim é a vida do cristão, ele preserva e conserva o mundo para que não apodreça para que não degenere. Através do cristão o mundo ainda pode verificar a providencia divina. Conservar a fé, a esperança a alegria, conservar os passos no caminho designado por Deus, em um mundo que jaz no maligno, só será possível  através da graça de Deus na atuação do SAL, este por sua vez em CONTATO com as pessoas, com as vidas que tanto carecem das Palavras de Vida Eterna.
O açucar, po sua vez, não pode conservar a ponto de evitar a degeneração, a não ser que esteja em contato com elementos de sua mesma composição, como é o caso das compotas. Se for com elemento contrário ele já não tem a capacidade conservante como a do SA!!
E QUANDO o sal  NÃO cumpre essas finalidades?
RESPOSTA:  TORNA-SE INSÍPITO!!
“… Mas se o sal se tornar insípido, com que se há de salgar?  Para nada mais serve senão para ser lançado fora e pisado pelos homens.”            
Ser doce, é bom, tem suas vantagens é claro, mas ser SAL é a caractéristica que marca o testemunho cristão na terra. Mas o pior de tudo neste mundo é ser um SAL   sem SABOR,  sem capacidade de proporcionar saúde e sem capacidade de preservar. O SAL que não cumpre os seus objetivos, ou seja um  SAL INSÍPITO, (O Dicionário Aurélio esclarece o que é insípido: [Do lat. tard. insipidu.]  Adjetivo.  1.Que não tem sabor; que não é sápido. ;2.Fig. Desagradável; tedioso; monótono). Por isso o resultado deste SAL é vergonhoso: SER LANÇADO FORA(jogado no lixo) e SER PISADO pelos homens (Humilhado, envergonhado)
Portanto amados, busquemos com a graça de Deus fazer a diferença neste mundo de iguais. E que Deus nos ajude a sermos SAL fora da saleira, em contato com o mundo, pois não adianta nos isolarmos para evitarmos nos desgastar, para cumprirmos nossa finalidade preciamos  arriscar e SERMOS BENÇÃOS PARA A GLÓRIA DE DEUS!
Obs: Continue sendo um DOCE bem doce!,mas SEMPRE influenciando o mundo como SAL da terra ok?!!
Abçs